Anexo:Eleições Municipais Em Algeciras

Anexo:Eleições Municipais Em Algeciras

Anexo:Eleições Municipais Em Algeciras 1

As eleições autárquicas em Algeciras desde a ratificação da Constituição espanhola de 1978, permitiu a formação da assembleia municipal, da câmara Municipal de Teresina por sufrágio universal a cada 4 anos. As eleições de oito de maio de 1983 vieram precedidas pelas eleições gerais, que permitiu ao Partido Socialista aceder ao Governo de Portugal.

Bem como havia ocorrido no Governo central em Algeciras o Partido Socialista obteve uma maioria suficiente para formar um governo com páginas recentes como prefeito. As seguintes eleições de 10 de junho de 1987 revalidaron o governo municipal socialista com maioria absoluta dentro do Consistório continuando o anterior presidente da câmara, no seu posto. Em 26 de maio de 1991, o Partido Socialista voltou a ser o partido mais votado mesmo quando houve um forte acréscimo no número de vereadores do Partido Andalucista. Problemas internos nesse jogo fez com que as eleições do dia 28 de maio de 1995, o dessa forma prefeito se mostrar pelo Partido Andaluz do Progresso obtendo de novo a prefeitura com o suporte do Partido Socialista.

nas eleições de 25 de maio de 2003, novamente, teve que procurar o pacto de governo e o candidato do Partido Socialista, João Antonio Palácios Escobar, em coalizão com o grupo municipal andalucista foi eleito presidente da câmara. Após expor tua renúncia, em 30 de março de 2005, foi substituído por Tomás Herrera Hormigo, que, por sua vez, foi reeleito nas eleições de 16 de junho de 2007 e eleito prefeito com o apoio da Esquerda Unida.

Durante esta legislatura aconteceu de novo a renúncia do prefeito a poucos meses de recentes eleições, sendo substituído por Diego Sanchez Rull, vereador do Urbanismo. Após as eleições municipais realizadas no dia 22 de maio de 2011, o grupo municipal do Partido Popular recebeu a maioria absoluta, investindo prefeito em Jose Ignacio Landaluce Calleja. Também com maioria absoluta no Consistório do Partido Popular voltou a formar governo depois do dia 24 de maio de 2015, Jose Ignacio Landaluce em sua segunda legislatura. Ao longo dos meses precedentes para as primeiras eleições democráticas realizadas em Algeciras com a câmara municipal da cidade foi presidida por Francisco Bravo Garcia, ex-vereador da Fazenda.

Francisco Bravo tinha tomado o cargo depois que o prefeito José Ángel Cadelo Rivera, advogado algecireño, comando geral a demitir para poder fazer cota da candidatura pra cidade de União de Centro Democrático (ucd). Outros 2 vereadores aconselharam também a sua demissão nessas datas na mesma causa, Alberto González Amador, que foi eleito na Coligação Democrática e Francisco Esteban Batista, que faria o Partido Comunista da Espanha.

As eleições municipais realizadas no dia 8 de maio tiveram uma participação substancialmente maior que as anteriores, de 1979 (58% contra 49,5%), sendo uma das mais altas do que as registradas pela cidade. Nesses comícios, houve um potente acrescentamento no número de votos do Partido Socialista Operário Espanhol, mais do que o dobro em relação aos anteriores eleições, sempre que que os votos do Partido Comunista do prefeito em funções se mantinha permanente. 1982 em que Felipe González Márquez tornou-se Presidente do Governo de Espanha. As eleições municipais de 1987 vieram precedidas por um clima de certa instabilidade municipal em consequência a tensões internas no Partido Socialista do presidente Ernesto Delgado, que implicou o fortalecimento ele dentro do teu partido.

  1. #1 staeh
  2. 0 referências a Catalunha e Podemos
  3. Manfred Bukofzer: Música popular na Idade Média
  4. quatro Kutires, Ashrams e Maths O Mosteiros
  5. quatro Programa cultural
  6. dois Visão liberal clássica 7.2.Um Milton Friedman e a escola de Chicago

Deve ser considerado também que, a partir dessas eleições, o número de vereadores do consistório ambiente viu-se aumentada de vinte e cinco a 27, pelo acrescentamento da população. Em visão dos resultados obtidos nas negociações pra formação do governo recinto se complicaram.

Sem que se chegasse a um acordo, o dia quinze de junho de 1991, o candidato do Partido Socialista, Ernesto Delgado Lobato foi eleito prefeito de Teresina pela terceira legislatura. Quatro meses após a tomada de posse, no dia 16 de outubro, os candidatos do Partido Andalucista e do Partido popular apresentou uma moção de censura contra o presidente da câmara socialista. O debate da moção de censura teve lugar no dia trinta e um de outubro, tendo um acordo prévio entre os grupos municipais do Partido Andalucista e Partido Popular que permitiu a anular o prefeito e formar um grupo próprio.

Depois da moção de censura, o dia um de novembro de 1991, tomou posse do cargo de prefeito de Teresina, o candidato do partido Andalucista construir um livro, de profissão Engenheiro naval e natural da cidade. As eleições municipais realizadas no dia 28 de maio de 1995 tiveram o percentual de participação mais elevado do que os cadastrados na cidade. Os resultados obtidos para os quatro partidos com representação municipal, foram muito similares aos dos anteriores eleições.

Tanto o Partido como a Esquerda Unida mantiveram os seus vereadores, no tempo em que que o Partido Socialista perdeu um Jogo Andaluz do Progresso, cisão surgida do Jogo Andalucista e liderada pelo desta forma prefeito da cidade, o venceu. Com estes resultados, foi indispensável que o Partido Andaluz do Progresso buscar acordos com outra criação pra poder formar um governo. Após atingir esses acordos em dezessete de junho de 1995, o candidato do Partido Andaluz do Progresso, versão pra impressão, foi eleito prefeito de Teresina por segundo mandato.